A Kosmicare surge da vontade de inspirar mudanças ao nível das políticas de drogas e promover o empoderamento das pessoas que as usam, bem como das suas famílias e comunidades.

Enquanto coletivo, trabalhamos para a promoção de padrões de consumo mais seguros e informados e para a implementação de intervenções e políticas mais humanas e baseadas na evidência. 

Pronomes

Os pronomes são uma forma de se referir a alguém sem utilizar o seu nome (Ela foi ao café; O lápis é dela).

Anunciar os pronomes que cada uma de nós utiliza é uma forma de visibilizar que os pronomes utilizados por uma pessoa são auto-determinados e não estão dependentes da percepção exterior da sua identidade.

É essencial que pessoas cisgénero (pessoas que se identificam com o género que lhes foi atribuído à nascença) anunciem os seus pronomes. Ao normalizar esta prática, contribuem para que quando uma pessoa trans o faz não seja exposta ou sujeita a explicações extensas sobre o significado de estar a anunciar os seus pronomes ou a ter de explicar o que significam. 

Os pronomes que utilizamos fazem parte da nossa identidade de género e respeitar-nos significa respeitar os nossos pronomes. Em caso de dúvida, se não souberes que pronomes uma pessoa utiliza, podes sempre perguntar. Uma boa forma de o fazer é começares por anunciar os teus, evitando expôr pessoas trans que se vêm obrigadas a ser as únicas a fazê-lo.

Elu/Delu

Na língua portuguesa formalmente não existe um género neutro, ao contrário do que acontece noutras línguas. Muitas pessoas utilizam os pronomes Elu/Delu, que não é mais do que uma forma de te referires a alguém de forma neutra em género. Para saberes mais sobre isto podes consultar aqui.